Aplica-se às versões:  HY2000, HY2002, HYv4

Assunto

Como efetuar o lançamento da rede hidráulica em projetos com níveis intermediários no programa Hydros?

Artigo

Comumente, verifica-se a existência de projetos estruturais com níveis intermediários. Para efetuar o lançamento da rede hidráulica nestas condições, deve-se desconsiderar, no lançamento dos pavimentos, a existência destes níveis. A distinção entre o nível principal e o intermediário deve ser efetuada somente no lançamento das redes.

Como exemplificação será proposto um projeto de um único pavimento, com nível intermediário. A planta baixa do pavimento pode ser verificada na figura abaixo:

NIVEIS_INTERMEDIARIOS_PLANTA_BAIXA_a

Planta baixa

Neste exemplo, serão consideradas a cozinha e a área de serviço no nível 0 e o banheiro no nível 1,30m. No lançamento de um novo projeto será, no entanto, lançado um único pavimento, com altura de 3,80m.

Para lançar um novo projeto, acesse o comando Projeto - Novo. Será aberto um diálogo conforme a figura abaixo:

NIVEIS_INTERMEDIARIOS_NOVO_PROJETO_b, Hy

Diálogo - Novo projeto

A seguir pode-se iniciar o lançamento da rede hidráulica. Primeiramente, o lançamento será efetuado na cozinha e na área de serviço. Nestes ambientes o nível é igual a 0 e, portanto, o lançamento será efetuado da mesma forma do que em projetos normais.

As elevações das peças de utilização consideradas foram: tanque de lavar roupas (100cm), máquina de lavar roupas (60cm) e pia de cozinha (85cm). O detalhe isométrico desta região pode ser verificado na figura abaixo:

NIVEIS_INTERMEDIARIOS_ISO_a, Hy

Detalhe Isométrico H1

O detalhe isométrico na região do banheiro, deve considerar, além da elevação das peças de utilização, a elevação do nível intermediário, neste exemplo estipulado em 1,30m. Desta forma, as elevações (levando em consideração a elevação do nível intermediário) das peças de utilização consideradas foram: chuveiro (350cm), lavatório (190cm) e vaso sanitário (165cm). O lançamento do detalhe H2, pode ser verificado na figura abaixo:

NIVEIS_INTERMEDIARIOS_ISO_b. Hy

Detalhe isométrico H2

Prosseguindo desta forma o programa irá efetuar corretamente o dimensionamento da tubulação, definir a perda de carga unitária, a perda de carga total e, por fim, apontar a pressão disponível nas peças de utilização. Na figura abaixo é possível visualizar o detalhe isométrico de todo o pavimento e perceber a diferença de níveis entre os ambientes.

NIVEIS_INTERMEDIARIOS_ISO_c. Hy

Detalhe isométrico H3

 

Também é comum em alguns projetos, principalmente em projetos de incêndio, a existência de grandes galpões em diferentes níveis, lado a lado, com mais de um pavimento, conforme representado pela figura abaixo.

Niveis intermediarios (d)

Exemplo - Corte arquitetura de uma edificação

Neste caso, é possível efetuar o lançamento dos diferentes níveis, considerando toda a edificação como se esta possuísse um único pavimento, configurando a elevação do mesmo para a maior elevação da edificação conforme representado pela figura abaixo.

Niveis intermediarios (g)

Definindo a elevação da edificação

Após definida a elevação, é possível iniciar o lançamento dos elementos hidráulicos. Neste caso, pode-se efetuar o lançamento das colunas neste único pavimento, porém respeitando o valor real de elevação da mesma, em função do piso do pavimento. Segue abaixo uma figura exemplificando o lançamento de 3 colunas na arquitetura representada pela figura acima.

Niveis intermediarios (e)

Lançamento das colunas de incêndio

O mesmo procedimento deve ser efetuado para o lançamento dos demais elementos, sempre respeitando a real elevação em função do piso do pavimento, conforme representado pela figura abaixo.

Niveis intermediarios (f)

Lançamento dos hidrantes

 

tag(s): Croqui, Lançamento