Aplica-se à:  HYv4

Assunto

Como o programa Hydros V4 considera a alternância das valas de filtração e infiltração, exigida na norma NBR 13969/97 ?

Artigo

A NBR 13969/97, exige a alternâncias das valas de filtração e infiltração, de forma a permitir a digestão aeróbia, ou seja com presença de oxigênio, evitando assim problemas de mau cheiro ocasionados peça digestão anaeróbia. A seguir estão descritos os itens 4.3.3.6 e 5.1.3.6 da norma, que dizem respeito ao assunto:

4.3.3.6 Alternância de uso (Vala de filtração)

Para permitir a digestão aeróbia de material retido na vala de filtração e desobstrução dos poros do meio filtrante, as valas de filtração devem ser operadas  alternadamente. Para tanto, devem ser previstas pelo menos duas unidades, cada uma com capacidade plena de filtração. O intervalo entre a alternância não deve ser superior a três meses.

5.1.3.6 Alternância de uso (Vala de infiltração)

Para manutenção da condição aeróbia no interior da vala de infiltração e desobstrução dos poros do solo, deve ser previsto uso alternado de valas. Assim, o número mínimo de valas deve ser dois, cada um correspondendo a 100% da capacidade total necessária.

Pode-se optar por três valas, cada uma com 50% da capacidade total. As valas devem ser alternadas em um prazo máximo de seis meses.

Considerando os itens dispostos em norma, o Hdyros V4 efetua o dimensionamento das valas da seguinte forma:

Vala de filtração

Ao lançar a vala de filtração em uma conexão previamente estipulada, o programa abre o seguinte diálogo:

vala_filtracao_infiltracao1

Diálogo da vala de filtração

Como a norma prevê uma alternância de 100% para as valas de filtração, o programa irá automaticamente multiplicar o número de valas por dois. Ambas as valas terão a capacidade total de filtração, conforme indicado na figura a seguir:

vala_filtracao_infiltracao2

Desenho em planta da vala de filtração

 

Vala de infiltração

Ao lançar a vala de infiltração, em uma conexão previamente estipulada, o programa abre o seguinte diálogo:

vala_filtracao_infiltracao3

Diálogo da vala de infiltração

Para a vala de infiltração, além de uma alternância de 100%, a norma dispõe de uma segunda alternativa, onde pode-se optar por três vala, cada uma com 50% da capacidade total de infiltração.

Ao utilizar a alternância de 100%, o programa efetua o dimensionamento da mesma forma demonstrada para as valas de filtração, multiplicando o número de valas por dois. Ambas as valas terão a capacidade total de filtração, conforme indicado na figura a seguir:

vala_filtracao_infiltracao4

Desenho em planta da vala de infiltração

Ao utilizar a alternância de 50%, o programa multiplica o número de valas indicado, por três. Cada um das valas, neste caso, possui 50% da capacidade total de infiltração:

vala_filtracao_infiltracao5

Alternância de 50%

 

vala_filtracao_infiltracao6

Desenho em planta da vala de infiltração

tag(s): "Unidade de tratamento"