Aplica-se às versões: HYv4

Assunto

Como faço para saber se a vazão mínima e a pressão mínima estão suprindo meus hidrantes mais desfavoráveis?

Artigo

Para exemplificar, existe um projeto com três hidrantes desfavoráveis e é necessário atingir uma vazão mínima de 60 l/min. Para conferir se os hidrantes estão atingindo a vazão mínima, é necessário gerar a planilha de pressões, acessando Elementos – Memória de Cálculo – Incêndio - Mais desfavoráveis e selecione um hidrante.

Vazao_pressao_minima1

Memória de Cálculo

Logo depois de ser gerada a planilha de pressões, localize na primeira tabela o hidrante mais desfavorável. Ele apresenta uma de vazão de 1.00 l/s, lembrando que é necessário efetuar a conversão de l/mim para l/s, sendo assim, confere com a vazão de configuração (60 l/mim) como pode ser visualizado a seguir:

Vazao_pressao_minima2

Planilha de Pressões

No caso se o pojetista precisar, por exemplo, uma pressão mínima de 15 m.c.a., a conferência de valores seria da mesma forma, apenas focando a pressão e não haveria conversões de unidades.

Em muitos casos, acontece que o projetista necessita de uma vazão mínima de 60 l/mim e uma pressão mínima 15 m.c.a., como observado na tabela mostrada acima quando se há uma vazão mínima de 60 l/mim a pressão mínima é de 1.32 m.c.a.

Nesta situação, o recomendável é efetuar o dimensionamento pela pressão mínima necessária, pois como se pode verificar na planilha de pressões, se o dimensionamento for feito pela vazão mínima a pressão mínima de 15 m.c.a., não será atingida.

Lembrando que o Hydros efetua o dimensionamento dos hidrantes mais desfavoráveis pela vazão mínima ou pressão mínima e não utiliza os dois métodos simultaneamente.

Vazao_pressao_minima3

Configurações - Dimensionamento

tag(s): Hidrantes, Pressão