Aplica-se às versões: EBv5, EBv5Gold, EBv6, EBv6Gold,EBv7, EBv7Gold, PMv7, PMv7G, PMv8, PMv8G, EBv9, EBv10

Assunto

Ao acessar o comando "Projeto - Importar - DWG/DXF" ou "Ferramentas - Ler DWG/DXF" não é possível importar o arquivo para o programa, ou então, o mesmo aparece vazio ou incompleto. O que fazer neste caso?

Artigo

Existem algumas situações nas quais os arquivos DWG/DXF podem não ser lidos ou aparecerem incompletos nos programas da AltoQi (QiCAD, Lumine, Hydros, Eberick, entre outros). É importante saber que o Software responsável pela leitura dos arquivos DWG/DXF em todos os programas é o QiCAD, ou QiCAD Viewer (versão gratuita). Logo, caso o desenho não possa ser aberto no QiCAD, ou QiCAD Viewer, este não será aberto em nenhum dos programas da família AltoQi.

Em seguida, serão listadas as principais verificações e procedimentos que devem ser efetuados para resolver este problema. Estas verificações podem ser realizadas no editor de CAD que originou os desenhos, por exemplo.

Neste artigo serão apresentados alguns comandos que podem auxiliar nesta tarefa. Para estes exemplos foram utilizados comandos do aplicativo Autodesk AutoCAD® mas pode-se usar qualquer outro editor de CAD da sua preferência, adaptando ou adequando os respectivos comandos orientados abaixo.

Como primeira opção pode-se copiar o arquivo de um desenho e colar em outro novo. Basicamente, deve-se selecionar a arquitetura, copiá-la e após abri-la em um novo desenho do CAD e colar neste novo desenho a arquitetura copiada. Com isso são eliminadas algumas propriedades do desenho fazendo com que, em alguns casos, se solucione a leitura do arquivo.

1) Limpeza da arquitetura

Sugere-se que sejam mantidos na arquitetura somente os elementos necessários para efetuar o lançamento. Ou seja, móveis, vegetação, entre outros devem ser apagados para que não sobrecarreguem a arquitetura. É interessante também, que sejam eliminadas as hachuras presentes no desenho.

Na versão V8 do Eberick já existe um comando para fazer a retirada das hachuras de maneira automática

Na figura abaixo se vê um exemplo de arquitetura com elementos desnecessários ao lançamento:

Imp_DWG-DXF_1eb.gif

Figura 1 – Arquiteturas dos pavimentos do projeto com elementos desnecessários ao lançamento

Em um projeto estrutural, por exemplo, é interessante que o desenho apresente apenas linhas que servem para delimitar paredes e esquadrias. Em um projeto hidrosanitário é importante manter os desenhos referentes a elementos da rede da edificação, como chuveiros, vasos sanitários, pias, etc.

Após proceder com a limpeza das arquiteturas, apagando os elementos desnecessários ao lançamento apresentados na Figura 1, esta fica como definida abaixo:

Imp_DWG-DXF_2eb

Figura 2 – Arquiteturas dos pavimentos do projeto após limpeza

Após efetuar a limpeza da arquitetura ainda deve-se executar o comando “PURGE”, através deste comando pode-se eliminar do desenho blocos, estilos de linha e textos, layers e demais objetos que não estejam mais sendo utilizados no desenho. Dessa forma, analisando as arquiteturas da Figura 1, através do comando “PURGE” seriam eliminados níveis que não existiriam mais no desenho, como níveis referentes à vegetação, móveis, entre outros. Mais informações à respeito deste comando serão explicados em maiores detalhes mais a frente.

Em algumas situações pode haver layers invisíveis ou desabilitados. Dessa forma recomenda-se que antes de efetuar a limpeza do desenho se acesse o botão “Layer Properties” (indicado abaixo) e verifique se todos os layers do desenho estão visíveis através da coluna “On” da janela “Layer Properties” como indicado na Figura 4.

Imp_DWG-DXF_3eb

Figura 3 – Localização do botão “Layer Properties” (Fonte: Autodesk AutoCAD®)

Imp_DWG-DXF_4eb

Figura 4 – Layers da janela “Layers Properties” (Fonte: Autodesk AutoCAD®)

Caso haja algum layer de desenho invisível (inativo) deve-se torná-lo visível através de um clique sobre a lâmpada que aparece ao lado do nome do layer, na coluna “On” (indicada acima) e então executar os procedimentos de limpeza do desenho.

2) Explode, Audit e Purge

Caso mesmo após a limpeza do desenho a situação continue a ocorrer é possível que haja algum elemento de desenho específico que não possa ser lido no programa, desta forma recomenda-se que se sigam os procedimentos abaixo:

- Selecionar todo o desenho e executar o comando “EXPLODE” (explodir). Para executar este comando, selecione todo o desenho e digite na linha de comando “X” (atalho para o comando) e tecle <Enter>.

Deve-se explodir todos os elementos presentes na arquitetura pelo menos duas vezes, garantindo que não existam elementos agrupados dentro de outros.

- Após explodir os elementos, deve-se utilizar o comando “AUDIT”. “AUDIT” é uma ferramenta de diagnóstico que examina o desenho e corrige possíveis erros. Para todo erro detectado o AutoCAD provê uma descrição do erro e recomenda a ação para corrigir. Para executar o comando basta digitar “AUDIT” na linha de comando, digitar <Y> e confirmar teclando <Enter>.

- Por último, utilizar o comando “PURGE”. O comando “PURGE” serve para eliminar do desenho blocos, estilos de linha e textos, layers e demais objetos que não estejam sendo utilizados no desenho.

 Digitar o comando “PURGE” e pressionar a tecla <ENTER>, desta forma vai aparecer a seguinte janela:

Imp_DWG-DXF_5eb

Figura 5 – Janela “Purge” (Fonte: Autodesk AutoCAD®)

Pressionar o botão “PURGE ALL” (indicado acima) e após clicar na opção “Purge all items” indicada abaixo:

Imp_DWG-DXF_6eb

Figura 6 – Janela “Confirm Purge” (Fonte: Autodesk AutoCAD®)

Execute este mesmo procedimento até que o botão “PURGE ALL” fique desabilitado como indicado na figura abaixo:

Imp_DWG-DXF_7eb.gif

Figura 7 – Janela “Purge” (botão “Purge All” desabilitado - Fonte: Autodesk AutoCAD®)

3) Presença de elementos tridimensionais (3D) no desenho da arquitetura

Os softwares da AltoQi são ferramentas de trabalho que consideram os desenhos em 2D (duas dimensões). Sendo assim, ao importar um arquivo que possua desenhos em três dimensões para os softwares da AltoQi, o desenho pode ser lido incorretamente. Para verificar se o desenho apresenta elementos em 3 dimensões, no Autodesk AutoCAD® pode-se acessar o menu “View” e alterar para alguma vista isométrica, por exemplo.

Imp_DWG-DXF_8eb

Figura 8 – Vista isométrica de edificação (Fonte: Autodesk AutoCAD®)

Para que a arquitetura possa ser importada em um programa da AltoQi é necessário que se garanta que haja elementos lançados em apenas duas dimensões (desenhos 2D), caso contrário o arquivo poderá apresentar incompatibilidade.

4) Salvar o arquivo de desenho em um formato mais antigo para posteriormente ser importado no software da AltoQi.

Pelo fato do programa Autocad ser desenvolvido por outra empresa nem todos os recursos existentes neste programa são compatíveis com os softwares da AltoQi, dessa forma em alguns casos é necessário salvar o arquivo gerado no Autodesk Autocad® para uma versão mais antiga do programa, recomenda-se que o arquivo seja salvo em um formato igual ou anterior ao Autocad 2010.

Para isso acesse o comando “File – Save As” ou “Arquivo – Salvar Como” como indicado na figura abaixo:

Imp_DWG-DXF_9eb

Figura 9 – Comando “Salvar Como” no Autocad (Fonte: Autodesk AutoCAD®)

5) Verificação das coordenadas no qual o desenho foi importado

Caso o desenho tenha sido gerado em coordenadas excessivamente altas, ao importá-lo para os programas da AltoQi o mesmo pode não ser enquadrado corretamente na tela, dessa forma recomenda-se que se posicione a origem do desenho no editor de CAD antes de exportá-lo para um programa da linha AltoQi. Pode-se posicionar a origem do desenho no programa Autocad de acordo os procedimentos abaixo:

1) Digitar na linha de comando a palavra <UCS> e teclar <Enter>.

2) Após isso digitar a palavra <New> e teclar <Enter>.

3) Por último selecionar algum ponto do desenho como origem, este ponto pode ser algum vértice da arquitetura por exemplo.

Outra maneira de mover um ponto de um desenho para origem é selecionando o desenho e após digitar a letra <m> e teclar <ENTER>. Dessa forma, pode-se clicar em um ponto de referência do desenho e como ponto final digitar as coordenadas 0,0. Por último teclar <ENTER> e o desenho será movido para o ponto de origem das coordenadas.

tag(s): Arquivo, Leitura, problema