titreservatorios

Aplica-se a: EBv5, EBv5Gold, EBv6, EBv6Gold, EBv7, EBv7Gold, PMv7, PMv7G, PMv8, PMv8G

Assunto

Como devem ser feitas as considerações do solo para o lançamento de empuxo em paredes de contenção?

Artigo

Ao realizar o dimensionamento de paredes de contenção, além da criação de um modelo estrutural adequado, é necessário a correta consideração da pressão que o solo exerce ao longo da altura da parede de contenção. No Eberick, o calculo desse empuxo do solo é realizado automaticamente, a partir das informações do Coeficiente de empuxo, Peso específico e Altura da camada de solo.

Coeficiente de empuxo do solo

Refere-se ao coeficiente de empuxo em repouso que será utilizado para o cálculo do empuxo nas paredes estruturais. Os valores desse coeficiente podem variar de 0,4 a 1,0, dependendo da situação de projeto. Deve-se configurar um valor adequado para esse coeficiente conforme bibliografias específicas, levando em consideração as propriedades do solo.

O Coeficiente de empuxo do solo pode ser configurado em Configurações – Análise – Painéis de lajes, diálogo Paredes.

Lancamento_de_empuxo_em_paredes_de_contencao(a)_Eb

Figura 1 - Configuração do Coeficiente de empuxo do solo.

O valor do coeficiente de empuxo é diretamente proporcional ao valor de empuxo do solo (quanto maior o coeficiente de empuxo, maior será a parcela da carga do solo distribuída ao longo da altura da parede).

Peso específico do solo

O Peso específico pode ser configurado durante o lançamento da parede, no diálogo Paredes de contenção, botão "Lançar" referente ao Empuxo.

Lancamento_de_empuxo_em_paredes_de_contencao(b)_Eb.

Figura 2 - Peso específico do solo.

Altura de solo

A Altura da camada de solo é considerada pelo Eberick com a mesma altura do pavimento onde a parede está lançada diminuída da Elevação do solo, se houver. Caso exista uma elevação do solo (diferença entre o topo da camada de solo e o nível do pavimento), pode-se informar na janela de lançamento da Paredes de contenção, botão "Lançar" referente ao Empuxo.

Assim, caso seja lançada a Elevação do solo com valor de 0cm, o programa interpretará que existe solo ao longo de toda a altura da parede compreendida entre o pavimento de topo e o pavimento imediatamente inferior (ou seja, onde a elevação da parede também é 0cm, equivale dizer que o topo da camada de solo coincide com o topo da parede).

Tanto a elevação do solo quanto a elevação da parede de contenção são considerados no Eberick tendo como referência o nível do pavimento. Por exemplo, caso se lance elevação para a parede de 20cm (valor positivo indica que a parede está acima do pavimento) e elevação para o solo de -20cm (valor negativo indica que a camada de solo começa abaixo do nível do pavimento), a diferença entre o topo da parede e o topo da camada de solo será de 40cm, abaixo do qual o empuxo de solo passa a ser considerado.

Lancamento_de_empuxo_em_paredes_de_contencao(c)_Eb

Figura 3 - Elevação do solo e elevação da parede de contenção.

Empuxo do solo

O empuxo do solo é um carregamento distribuído aplicado perpendicularmente à parede de contenção, que aumenta com a profundidade da camada de solo, formando assim um carregamento “triangular”. O valor do empuxo é obtido pelo produto do coeficiente de empuxo, do peso específico e da altura da camada de solo, citados acima.

No diálogo de lançamento da parede de contenção, este empuxo é apresentado na forma de um intervalo, com o valor mínimo e máximo deste carregamento.

Lancamento_de_empuxo_em_paredes_de_contencao(d)_Eb

Figura 4 - Exemplo do Empuxo do solo (2 metros de altura de solo)

O valor do intervalo do empuxo é apresentado apenas no pavimento superior, variando de um valor mínimo para um valor máximo. No pavimento inferior, o valor de empuxo apresentando no diálogo de lançamento da parede de contenção estará definido como zero.

tag(s): "Parede de Contenção", Carga, Lançamento