Aplica-se às versões: EBv5, EBv5Gold, EBv6, EBv6Gold, EBv7, EBv7Gold

Assunto

As esperas para os pilares de transição não estão sendo detalhadas. Como resolver esta situação?

Artigo

Sempre que houver uma situação na qual um pilar apóia-se diretamente sobre uma viga, como por exemplo, uma viga de transição, é necessário especificar, uma armadura para servir de espera para este pilar. O detalhe desta armadura é feito, usualmente, por meio de uma indicação na própria viga.

Para o detalhamento das esperas de pilares de transição, é necessário que o pilar esteja corretamente dimensionado. Sempre que ele estiver com erro de dimensionamento, o programa não detalha as esperas e emite uma mensagem: Aviso 11 – Não foi possível detalhar a espera para o pilar P***.

Quando houver um pilar de transição sobre um cruzamento de vigas, o programa obedece a um critério que define em qual das vigas será feito o detalhamento das esperas do pilar. Desta maneira, na viga de maior rigidez que, conseqüentemente, absorverá maior carga, será feito o detalhamento e o Eberick emite a mensagem: Aviso 12 – Espera para o pilar P*** detalhada na viga V***.

As mensagens de aviso apenas alertam da existência de um pilar nascendo em uma viga de transição. Contudo, a viga é calculada e detalhada para o qual foi solicitada, mesmo que as esperas para os pilares tenham que ser editadas manualmente pelo engenheiro projetista responsável.

Quando a altura da viga for maior que o comprimento de ancoragem da espera do pilar, o programa detalha a espera corretamente e ao detalhar a viga será emitido o Aviso 4 - Viga com espera para o pilar P***. Nas situações em que a altura da viga for menor que o comprimento de ancoragem das barras do pilar, o detalhamento das esperas obedecerá uma das opções configurada no menu Configurações - Detalhamento - Vigas, ìtem "Esperas para pilares":

Não Detalhar

A opção “Não detalhar” impede o detalhamento das esperas somente nos casos nos quais a altura da viga é menor que o comprimento de ancoragem das barras do pilar. Quando a altura da viga for maior que o comprimento de ancoragem das esperas do pilar, o programa irá detalhá-las normalmente.

Nos casos que a altura da viga for menor que o comprimento de ancoragem da espera do pilar, o programa não detalha a espera e emite a mensagem: Aviso 13 – Altura menor do que o comprimento de ancoragem do P***. Então, o engenheiro responsável deve editar o detalhamento e adicionar as esperas manualmente, utilizando as ferramentas de edição de ferros disponíveis no Eberick.

Detalhar

Com esta opção selecionada a espera sempre será detalha, sem considerar a altura da viga. Ou seja, o desenho da espera do pilar é realizado somando a altura da viga (mesmo que esta possua altura menor que o comprimento de ancoragem da espera) ao comprimento de ancoragem da barra. Com isto o comprimento total da espera será menor que o mínimo recomendado (2x o comprimento de ancoragem da espera), cabendo ao usuário verificar se a armadura é suficiente para a ancoragem do pilar.

Exemplificando o exposto acima: se o comprimento de ancoragem da espera for de 54 cm e a altura da viga de 30 cm, o programa detalhará a espera para o pilar com 84 centímetros (30 cm referentes a altura da viga somados ao 54 da espera) enquanto que o necessário seria 108 cm (54 + 54 cm). Ao detalhar a viga, o Eberick emitirá o Aviso 13 – Altura menor do que o comprimento de ancoragem do P***.

Detalhar aumentando quantidade

As esperas dos pilares desta opção serão calculadas somente quando a altura da viga for maior que 60% do comprimento de ancoragem da espera. Sendo assim, o Eberick a detalhará normalmente, aumentando a sua quantidade. O cálculo da nova Asef será feito igualando o comprimento de ancoragem à altura da viga (lb = h viga) e, se necessário, o resultado arredondado para cima. Além disso, o programa emitirá a seguinte mensagem: Aviso 14 – Esperas para o P*** aumentadas em XX%. Este aviso indicará, em percentagem, o aumento obtido na armadura de espera do pilar.

Quando o comprimento de ancoragem da espera diminuído em 40% exceder a altura da viga, o Eberick não detalhará a espera para o pilar conforme limita a NBR 6118,  emitindo a mensagem: Aviso 13 - Altura menor do que o comprimento de ancoragem do P***.

Nos casos em que mesmo utilizando esta opção não for possível detalhar as esperas para os pilares, deve-se aumentar a altura da viga para conter o comprimento de ancoragem da espera reduzido em 40% ou então diminuir o comprimento de ancoragem das esperas. Pode-se diminuir este comprimento adotando uma bitola de menor diâmetro para o pilar e/ou aumentar a resistência característica do concreto (fck) do projeto.

tag(s): Detalhamento, Pilar