Aplica-se às versões: EBv5, EBv5Gold, EBv6, EBv6Gold, EBv7, EBv7Gold

Assunto

Como é feita a verificação do Travamento de Pilares no Eberick V5?

Artigo

O comprimento de flambagem dos pilares é fator determinante em seu dimensionamento. Como o cálculo dos pilares não se refere propriamente a elementos isolados, mas sim a elementos inseridos em uma estrutura aporticada, sua determinação não é imediata. Os pilares são considerados como elementos de uma estrutura de nós indeslocáveis, para a qual o comprimento de flambagem deverá ser o valor recomendado no item 15.6 da NBR 6118:2003, ou seja, igual à distância entre os eixos das vigas entre as quais ele se situa com contraventamento nas duas direções, ou igual à distância entre faces de elementos somado à altura no plano da seção transversal do pilar.

O Eberickverifica automaticamente o travamento dos pilares nas duas direções. No momento da criação do pilar (processamento da estrutura), o comprimento de flambagem do mesmo é definido como a distância entre os eixos dos pavimentos. Posteriormente, pode-se editar estes valores, acessando-se a guia “Escalas”  na janela de dimensionamento de pilares, habilitando a opção "le Fixo" é possível editar a vinculação bem como o comprimento de flambagem para cada pilar nas duas direções, alterando os campos “le B” e “le H”.

O valor real do comprimento de flambagem difere do comprimento entre os eixos por uma série de fatores:

  • Espessura da laje e vigas ligadas ao pilar, que reduziriam seu comprimento efetivo;

  • Rigidez da ligação entre vigas e pilares, que produz normalmente um efeito favorável;

  • Deslocabilidade da estrutura como um todo, que pode ocasionar comprimentos de flambagem mais elevados.

Apesar disto, a consideração dos comprimentos de flambagem entre eixos está, na maioria dos casos, levemente a favor da segurança. Existe, todavia, uma situação na qual isto não é válido: o caso de pilares com “pé-direito” duplo. Neste caso, o pilar não está travado por lajes e não existem vigas para travá-lo em pelo menos uma direção.

Quando o pilar estiver nesta situação, o programa emitirá um aviso em seu detalhamento, devendo-se prosseguir da seguinte maneira:

  • Acessar a guia “Escalas” na janela de dimensionamento de pilares e habilitar a opção "le Fixo";

  • Alterar a vinculação e o comprimento de flambagem do pilar;

  • Scessar o menu "Pilares - Detalhar".

Mesmo que se altere o comprimento de flambagem do pilar o programa emitirá "Aviso 20 - Comprimento de flambagem arbitrado pelo usuário", quando for detalhado.

Funcionamento da verificação de travamento

Para que se utilize o comprimento de flambagem definido no momento do processamento da estrutura (que é a distância entre os eixos dos pavimentos), a seção do pilar deveria estar corretamente travada em cada lance, em relação às duas direções principais da seção (B e H).

Considera-se que o pilar está travado no pavimento quando:

  • Existe pelo menos uma viga chegando nesse pilar na direção B e outra na direção H ou;

  • Existe pelo menos uma viga chegando nesse pilar, inclinada em relação a B ou;

  • Existe pelo menos uma laje associada a uma viga chegando nesse pilar.

Se o pilar não estiver travado em todos os lances, a verificação de travamento alterará o comprimento de flambagem, para cada lance, da seguinte forma:

  • Procura o primeiro pavimento, a partir do topo do pilar, onde o pilar está travado na direção B;

  • Procura o primeiro pavimento, a partir da base do pilar, onde o pilar está travado na direção B;

  • Calcula o comprimento de flambagem na direção B como sendo a distância entre os dois níveis (considerando a elevação dos pilares nesses dois lances);

  • Faz o mesmo processo para a direção H (ou seja, pode resultar em comprimentos de flambagem diferentes nas duas direções).

Caso o pilar não esteja travado em seu topo, nem haja nenhum travamento nesta direção até o pavimento superior da estrutura, o comprimento de flambagem é calculado da mesma maneira, porém  a vinculação é definida como "E-L" (engastado-livre) ao invés de "R-R" (rotulado-rotulado) o que gera, internamente, um comprimento de flambagem duas vezes maior.

tag(s): Dimensionamento, Lançamento, Pilar