Aplica-se às versões: Ebv7Gold Next (a partir do release 5), Ebv8Gold.

Assunto

Quais as novas opções de plastificação de apoios em lajes na versão V8Gold do Eberick?

Artigo

Na versão V8 Gold foram adicionadas ao programa algumas opções para as plastificação de apoios em lajes, de forma a redistribuir os esforços nas continuidades, buscando reduzir os momentos fletores nestas regiões.  Até a versão V7Gold, ao habilitar a plastificação das lajes todas as lajes do projeto seriam plastificadas, utilizando limites que poderiam ser configurados individualmente. Atualmente, de maneira adicional é possível definir isoladamente quais lajes serão plastificadas, mantendo configurações individuais para as mesmas.

Para exemplificar as novas opções de plastificação será utilizado um modelo composto por lajes maciças e vigas ligando-se a pilares retangulares, como ilustrado abaixo:

opcoes_de_plastificacao_nas_lajes_parte_ii_E(a)

Imagem 1: Modelo utilizado

Na versão V8Gold pode-se plastificar todas as continuidades da laje ou pode-se ainda definir continuidades específicas que serão plastificadas (neste caso, utilizando engaste com redistribuição, que será exemplificado posteriormente).

Devido a estas novas ferramentas, foram alteradas as configurações de plastificação nas lajes.  Para verificar tais diferenças pode-se acessar o menu “Configurações  - Análise – Painéis de Lajes”, conforme ilustrado na imagem a seguir:

opcoes_de_plastificacao_nas_lajes_parte_ii_E(b)

Imagem 2: Configurações de análise

No campo “Grelha não linear”, observa-se que há duas situações: “Continuidades” e “Demais Casos”. As configurações de “Continuidades” serão utilizadas quando for aplicado um engaste com redistribuição, enquanto que as configurações definidas no grupo “Demais Casos” serão utilizadas quando for aplicada a plastificação na laje inteira.

 

Plastificação de uma laje isolada

Nessa nova versão é possível plastificar uma laje individualmente, caso o usuário desejar. Para exemplificar, iremos plastificar apenas a laje L1 do projeto exemplo.

Para que possa utilizar o recurso de plastificação dos apoios é necessário que esteja sendo utilizado o modelo Completo para o dimensionamento das lajes.

Para aplicar a plastificação pode-se acessar o menu “Elementos – Lajes – Aplicar plastificação nos apoios” , selecionar as lajes que se deseja plastificar (laje L1 no nosso exemplo) e teclar <Enter>, para confirmar o comando.

Após estes procedimentos, será exibida uma simbologia próxima ao nome da laje, indicando a plastificação, como pode ser observado na figura abaixo:

opcoes_de_plastificacao_nas_lajes_parte_ii_E(c)

Imagem 3: Indicação da plastificação

Ao efetuar um duplo clique sobre a laje será aberta uma janela contendo as informações da mesma. Nesta janela, pode-se clicar sobre o botão “Grelha” para acessar as configurações adotadas para a grelha, como indicado abaixo:

opcoes_de_plastificacao_nas_lajes_parte_ii_E(d)

Imagem 4: Configurações da grelha

Nessa janela, ao desmarcar o campo “Utilizar análise com plastificação dos apoios” a plastificação será removida da laje.  Caso o usuário desejar utilizar limites diferentes dos configurados inicialmente nas configurações de análise do projeto pode desabilitar a opção “Adotar limites configurados” e alterar os valores de “Redistribuição máxima” e “Aplicar para taxas de armadura maiores que”.

A partir da configuração da taxa de armadura o programa calcula uma armadura equivalente para a da seção da laje. Para esta armadura equivalente e para a geometria da laje adotada, é definido pelo programa o momento de plastificação. O momento de plastificação indica a partir de qual valor de momento será aplicada a redistribuição dos esforços, até que seja atingida a redistribuição máxima.

Caso o momento de redistribuição calculado seja superior aos momentos solicitantes, não será aplicada nenhuma redistribuição dos esforços.  Assim, para o exemplo desmarcamos a opção “Adotar limites configurados” e alteramos o item “Aplicar para taxas de armadura maiores que” para 0.25%:

Opções de plastificação em lajes parte II

Imagem 5: Configurações da grelha alteradas

Como pode ser observado, os valores de Armadura equivalente e momento de plastificação foram automaticamente alterados. Processamos, então, a estrutura e acessamos a grelha das lajes, selecionando o modelo “Não linear – Redistribuição”:

opcoes_de_plastificacao_nas_lajes_parte_ii_E(f)

Imagem 6: Redistribuição dos esforços

Verifica-se, então, que entre as lajes L1 e L2 houve plastificação de até 25% dos momentos fletores. Já entre as lajes L1 e L4 não houve redistribuição dos momentos, pois o momento de engaste entre essas lajes é inferior ao momento de plastificação, não ocorrendo redistribuição nesse caso.

 

Engaste com redistribuição.

Outra ferramenta disponível para a plastificação dos apoios é o engaste com redistribuição, onde o usuário pode definir apenas um trecho em que deseja efetuar a redistribuição dos esforços. No modelo utilizado, a laje L3 é uma laje em balanço, não sendo recomendável efetuar a redistribuição dos momentos resultantes desse engaste. Aplicaremos, então, um engaste com redistribuição entre as lajes L1/L2 e L2/L4. Para isso pode-se acessar o menu “Elementos – Lajes – Aplicar engaste com redistribuição”, selecionar os trechos em que se deseja efetuar a redistribuição e teclar <Enter> para confirmar o comando. Após encerrar o comando a representação do engaste será alterada, como indicado abaixo:

 

opcoes_de_plastificacao_nas_lajes_parte_ii_Eb(g)

Imagem 7: Engaste com redistribuição.

Ao efetuar um duplo clique sobre a viga V5 será aberta uma janela contendo as informações da viga. No diálogo, pode-se clicar sobre o botão “Modelo“ para que abra uma nova janela, como segue abaixo:

opcoes_de_plastificacao_nas_lajes_parte_ii_E(h)

Imagem 8: Configurações do engaste com redistribuição parcial

De maneira semelhante ao explicado anteriormente, ao desmarcar a opção “Adotar limites configurados” se pode utilizar valores diferentes da configuração geral, adotando diferentes valores para diferentes continuidades.

Por se tratar de uma continuidade entre as lajes, serão apresentados dois Momentos de plastificação, referentes às lajes presentes em cada lado da viga. Como nesse exemplo a espessura das lajes é a mesma, o Momento de plastificação também será o mesmo para as duas lajes.

Com isso, processamos, a estrutura e acessamos novamente a grelha das lajes, exibindo o modelo “Não  linear – Redistribuição”, obtendo a imagem abaixo:

opcoes_de_plastificacao_nas_lajes_parte_ii_E(i)

Imagem 9: Redistribuição dos esforços

Como pode ser verificado na imagem acima, a redistribuição dos momentos fletores respeitou os valores configurados para o engaste com redistribuição, chegando a um valor máximo de 15%. Caso se tenha em uma mesma laje, a plastificação dos apoios habilitada e o engaste parcial, será utilizado (onde houver engaste parcial) a configuração do engaste parcial, mesmo que esse seja superior à plastificação configurada na laje.

tag(s): análise, Configurações, Laje