Aplica-se às versões: QCv2, QCv3

Assunto

Como fazer para enviar os desenhos gerados pelo programa para plotagem em empresas especializadas?

Artigo

Quando a impressão é feita em empresas de plotagem, pode-se proceder de quatro formas distintas:

Enviando os arquivos com extensão .PLT

O padrão PLT é um formato antigo, criado na época dos programas em ambiente DOS, utilizado hoje apenas por alguns programas, como o AutoCAD®, da empresa AutoDesk® Inc. Pode-se obter a mesma funcionalidade no Windows apenas redirecionando a impressão para arquivo, como exposto no item ao final.

Se for realmente desejado gerar os arquivos em formato PLT, deve-se fazê-lo em outro programa. Para isso:

  • Gravar os desenhos em arquivos DWG (AutoCAD) ou DXF , através do comando Arquivo - Exportar;

  • Abrir esses arquivos em um programa de CAD;

  • Gerar os arquivos de plotagem (.PLT).

Ao transportar os desenhos para outros programas de CAD, deve-se definir, durante a criação dos arquivos .PLT, as espessuras de linhas e a escala para plotagem.

Enviando os arquivos com extensão .DXF

Outra forma de trabalhar é simplesmente exportar os desenhos gerados para o padrão DXF. Como este é um formato padronizado, que pode ser aberto por praticamente qualquer programa de CAD, a empresa de plotagem poderá abri-lo com o programa que dispuser para tal e fazer a plotagem a partir disso.

Para isto, deve-se:

  • Gravar os desenhos em arquivos DXF, através do comando Arquivo - Exportar;

  • Enviá-los à empresa, deixando a cargo desta, gerar os arquivos de plotagem em programas de CAD.

Utilizando o QiCAD Viewer

Esta é a forma mais simples, pois basta gravar o desenho criado no programa (comando Arquivo-Salvar) e enviá-lo para a empresa responsável pela plotagem, ficando a encargo desta os procedimentos de impressão.

Se a empresa responsável pela plotagem não possuir o QiCAD Viewer, poderá fazer o download do mesmo gratuitamente através do site da AltoQi, em www.altoqi.com.br.

Gerando arquivos de plotagem pelo programa

A geração dos arquivos de plotagem pode ser feita diretamente pelo programa, com a extensão do tipo .PRN (conforme o artigo "Arquivo de plotagem").

Nesta opção, as configurações de espessuras de linhas e escalas existentes no programa, são atribuídas diretamente para o arquivo gerado. Outra vantagem desse procedimento é o fato de que o arquivo gerado não é editável, podendo apenas ser impresso sem modificações.

tag(s): Impressão, Plotagem