Aplica-se à: QiSPDA

Assunto 

Após processar meu projeto o programa informa “Verificação lateral não atendida”, o que fazer?

Artigo

O conjunto de condutores de descidas na rede SPDA, tem por objetivo conduzir as descargas atmosféricas até os elementos dissipadores do sistema e desses para o solo. Todas as descidas devem ser interligadas por cordoalhas horizontais formando anéis (constituídos pelo lançamento de cordoalhas em um contorno fechado).

Quando o comando “Processar”, guia Operações – grupo Dimensionamento, é executado o programa realiza a verificação das descidas e anéis de contorno lançados e caso algum dos itens não sejam atendidos, nos retorna a mensagem “Verificação lateral não atendida”.

Verificacao_lateral_nao_atendida_(1)

Comando Processar

A área de exposição é considerada protegida lateralmente quando existe um anel de contorno protegendo o perímetro da área de exposição e atende os espaçamentos máximos entre descidas.

A lateral é considerada desprotegida lateralmente quando não são atendidas simultaneamente as condições para as alturas dos anéis e espaçamentos de descidas, com um mínimo de duas descidas para cada área de exposição nos pavimentos.

Conforme explicado acima, as laterais de uma edificação podem não estar protegidas, abaixo listamos os principais motivos para que o programa nos informe esta mensagem.

1) Espaçamento entre descidas

NBR5419:2005

De acordo com a norma NBR5419:2005, o espaçamento médio entre as descidas que ligam os anéis de contorno é listado na Tabela 2.

Verificacao_lateral_nao_atendida_(2)

Tabela 2 da NBR 5419:2005 - Espaçamento médio dos condutores de descida não naturais conforme o nível de proteção

NBR5419:2015

NBR5419:2015

De acordo com a norma NBR5419:2015, o espaçamento médio entre as descidas que ligam os anéis de contorno é listado na Tabela 4.

Verificacao_lateral_nao_atendida_(3)

Tabela 4 da NBR 5419-3:2015 – Valores típicos de distância entre os condutores de descida e entre os anéis condutores de acordo com a classe de SPDA.

Conforme a norma, é aceitável uma variação nos espaçamentos dos condutores de descidas de até 20%. Com isso, por exemplo, para a classe III, será permitido que o espaçamento entre as descidas seja de até 18 metros.

VERIFICAÇÃO

Neste caso é necessário verificar o espaçamento entre as descidas lançadas, para isso utilize o comando “Medir”, guia Desenhos – grupo Ferramentas, para verificar as distâncias.

Verificacao_lateral_nao_atendida_(4)

Exemplo de espaçamento entre descidas

Lembramos que a distância utilizada pelo programa é a obtida contornando da área de exposição.

Se o espaçamento estiver maior que o recomendado pela norma será necessário lançar mais descidas ou alterar a disposição das lançadas.

2) Espaçamento entre anéis de contorno

NBR5419:2005

De acordo com a norma NBR5419:2005 os anéis de contorno devem respeitar um posicionamento vertical máximo com relação ao solo e entre os demais anéis que compõem o sistema.
Para atender as prescrições da NBR 5419:2005, o programa realiza a seguinte análise:

  • O primeiro anel (anel de aterramento) deve estar localizado no máximo a 4m de altura do nível zero (solo), podendo estar abaixo desse;
  • Os próximos anéis devem estar espaçados de no máximo 20m de altura.

NBR5419:2015

De acordo com a norma NBR5419:2015 todos os anéis de contorno devem estar espaçados entre si a uma distância em função do nível de proteção, conforme definido na Tabela 4 (mostrada acima), não havendo uma condição diferenciada para o primeiro anel, ou “anel de aterramento”.

VERIFICAÇÃO

O programa verifica o espaçamento entre os anéis analisando a altura global de cada anel de contorno lançado.

A altura global consiste na soma das alturas dos pavimentos abaixo do pavimento analisado, mais a altura de lançamento dos elementos (cordoalhas e área de exposição) no pavimento corrente.

Uma forma de verificar a altura de lançamento de cada anel é acessando o Memorial de cálculo do projeto.

Verificacao_lateral_nao_atendida_(5)

Exemplo de espaçamento entre anéis

Se o espaçamento entre os anéis for maior que o recomendado pela norma será necessário lançar mais anéis de contorno ou alterar a altura de lançamento dos anéis existentes.

3) Descidas válidas

O programa somente contabiliza no dimensionamento as descidas válidas lançadas no projeto.

São consideradas descidas válidas em um pavimento, aquelas que atendam as seguintes condições:

  • Afastamento de no máximo 50 centímetros do contorno da área de exposição;
  • Conexões contendo condutos ligados ao pavimento inferior;
  • Conexões contendo condutos ligados ao pavimento superior, apenas se este for o mais inferior do projeto contendo um elemento área de exposição, sendo considerado o mesmo número de descidas que o pavimento imediatamente acima.

Uma situação comum neste caso é lançar uma descida a uma distância maior que 50 cm da área de exposição.

Neste caso é necessário verificar o espaçamento entre as descidas lançadas, para isso utilize o comando “Medir”, guia Desenhos – grupo Ferramentas, para verificar as distâncias.

Verificacao_lateral_nao_atendida(6)

Exemplo de distância entre descida e área de exposição

Verificacao_lateral_nao_atendida_(8)

Exemplo de distância entre caixa de inspeção e área de exposição

Se o espaçamento entre a descida e a área de exposição estiver maior que 50 cm será necessário mover sua descida para mais próximo da área de exposição (do ponto inicial ao ponto final) ou relançar a área de exposição para adequá-la as descidas lançadas.

4) Continuidade das descidas

Existem dois itens a serem verificados:

  • Se as descidas lançadas são contínuas, desde o ponto inicial ao final;
  • Se existe uma continuidade das descidas até a malha de aterramento (condutos ligados a um ponto com aplicação "Haste de aterramento" ).

Neste caso é necessário verificar, principalmente se as descidas foram lançadas manualmente, a continuidade das descidas.

Verificacao_lateral_nao_atendida_(7)

Exemplo de descida não continua

Uma forma de realizar esta verificação é através da “Visão 3D Geral”, guia Lançamento – grupo 3D. Caso esta situação ocorra, é necessário lançar as descidas faltantes.

Também é necessário verificar se existe pelo menos 1 haste de aterramento lançada em seu projeto para que a continuidade até o aterramento exista.

Serão considerados como "válidos" para as verificações para os tipos de sistemas de proteção contra descargas atmosféricas, anéis e descidas, apenas aqueles que apresentarem ao menos uma conexão haste de aterramento em sua malha.

Por exemplo, se existirem cordoalhas que não tenham em sua malha uma haste de aterramento, estas serão desconsiderados nas verificações (da mesma forma como se não estivessem lançados no projeto).

tag(s): Descidas, Spda, Verificação lateral